terça-feira, 24 de janeiro de 2017

E que jamais me falte, um punhado de Paz


'' Quero apenas que Deus me dê, o que em minhas mãos couber.

Nem menos, nem mais.

E que jamais me falte, um punhado de Paz. ''

A Cura começa com a Ternura

Nenhum comentário: