sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

É pra frente que se olha.


É pra frente que se olha. 

Nada de sobrecarregar os ombros com questionamentos que não poderão ser respondidos de imediato. 

Se deixar, a dúvida atrofia a esperança de se (re)inventar. 

Aproveite os tropeços pra repensar suas escolhas e inverter os percursos. 

Se desafiar em novas direções também é preciso. 

O que não pode é choramingar sem se dispor a mudar. 

Aconteça.
 


MarcelyPieroniGastaldi

Nenhum comentário: